ON THE ROAD: Santiago do Chile – Parte III passeios

Chile 2 (2)

 

Cerro San Cristóbal: 

Como prometido vou contar um pouquinho sobre os passeios que fiz em Santiago do Chile e que realmente acredito que valem a pena serem colocados no roteirinho de viagem. O Cerro San Cristóbal é um passeio de paz mesmo, 90% da população do Chile é católica. Portanto, existem diversos locais religiosos especiais onde podemos fazer nossas preces e rezar por nosso família e amigos. No Cerro também é preciso ter muito folego, começa a subida com um bondinho e depois muitas escadas. Muitas pessoas aproveitam o espaço para praticar esportes, vá de tênis e leve água porque vai precisar. Para quem vai viajar com crianças no cerro também tem o zoológico com várias especies exóticas. No topo tem a estátua de mais de 14 metros de altura da Virgen de la inmaculada concepción. Foi onde o Papa João Paulo II realizou a missa em 1987. A vista lá de cima é incrível e com certeza é um dos pontos turísticos mais bonitos do Chile. ($)

Cerro Santa Lúcia: 

chile q (3)

Ainda falando sobre cerros, ou seja, morros. Outro local para admirar a cordilheira é o Cerro Santa Lucia, também precisa usar tênis e estar bem agasalhado porque faz bastante frio. É super fácil de chegar de metrô, fica na estação santa lucia linha 1. Lá de cima você pode ver a cordilheira todinha, é de tirar o folego! (entrada gratuita)

Troca da guarda e Centro Cultural: 

chile q (5)

Outro momento imperdível é a troca da guarda que acontece da praça da constituição (plaza de la constitución), se não me engano fica perto da estação La Moneda.  A troca da guarda acontece um dia sim e um dia não, sempre as dez da manhã. E depois você pode visitar o centro cultural que é como nossa Pinacoteca que de tempos em tempos recebe exposições. (entrada gratuita) 

Valle Nevado: 

chile q (2)

Para ir ao Valle Nevado fechamos tudo pela Turistik (passeio panorâmico), a melhor agência de viagens do Chile. É impossível ir sozinho, a estrada é boa, porém com muitas curvas. E a partir da terceira semana de junho já tem neve na estrada, portanto, é muito perigoso. Não economize dinheiro com a segurança, busque uma boa agência de viagens e feche o pacote. Depois de entrar no transfer e 3o minutos depois fazemos uma parada para alugar roupas e botas de neve. E sim, as botas são necessárias!! Agora, se estiver bem agasalhado pode deixar de lado as roupas de aluguel. Depois começa a viagem de verdade até o Valle que dura 1h30 e parece ser infinita com muitas muitas muitas curvas. Quando você ver uns paus vermelhos significa que está chegando!!!! Dica: reserve 15 minutos para lavar as botas porque tem fila e não é pequena. E é claro que você não pode voltar sem tomar o chocolate quente. ($)

Catedral Metropolitana de Santiago:

chile q (1)

As fotos não ficaram tão boas, mas acreditem é a igreja mais linda que já vi na minha vida. Vale a pena a visita, é muito especial. Momento de agradecimentos e preces.  Foi construida em 1748, localizada da Plaza de Armas e também é super fácil de chegar. (entrada gratuita) 

Concha y Toro: 

Chile 2 (3)

Para mim, foi de longe o melhor passeio. Também fechamos a visita a pela Turistik porque o vinhedo fica localizado na parte rural do Chile. É possível sim ir de transporte público, mas sinceramente não acredito que compense. Só se você tiver espirito bem aventureiro.  Fechamos o passeio “Marques”, degustamos sete taças de vinhos e muitos queijos. Conhecemos o Casillero Del Diablo e toda a história de terror muhahaha!Depois de conhecer os vinhedos é chegada a hora de fazer as comprinhas na loja de vinhos e depois partir de volta para o hotel. ($) 

Museu Chileno de Arte Pré-Colombiano: 

Chile 2 (1)

Esse museu é lindo demais, a coleção é incrível e acredito que na verdade deveria ter sido a primeira parada da nossa viagem para sabermos mais sobre o Chile. Não é um museu muito grande, porém é muito bem organizado e cheio de história. De tempos em tempos também troca de acervo em um dos andares e outro é fixo. ($)

Compras: 

chile q (4)

Bom, com o dólar alto desse jeito foi muito difícil encontrar um local para fazer boas compras. O Parque Arauco é ótimo para comer em bons restaurantes e está longe de ser um lugar para fazer compras. Pelo menos não para o meu bolso. Até a Forever 21 estava com os mesmo preços do Brasil para vocês terem uma ideia. Indico o Shopping Costanera para fazer boas compras de verdade, ao contrário do Parque Arauco é super fácil de chegar e tem lojas com preços legais. 

Dica de ouro: Para trocar o dinheiro é só ir ate a rua agustinas, fique de olho na tabela em frente o cambio para saber quanto está valendo o real. Trocar dinheiro em shopping ou aeroporto é uma péssima ideia porque o real é muito desvalorizado. Outra dica, na Concha y Toro tem embalagens gratuitas para levar os vinhos e você pode leva-los como bagagem de mão sem problemas (pelo menos duas garrafas) ou pode colocar dentro da mala. Mais uma dica, quando desembarcar procure por táxi preto e branco porque são os táxis comuns e mais baratos. 

Para conferir mais fotos da minha viagem é só acessar o instagram @debyortolani 

Anúncios

2 comentários sobre “ON THE ROAD: Santiago do Chile – Parte III passeios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s